logo
Banner

NOTÍCIAS

Home / Notícias / região noroeste

Revisão de prazos, compensação de faltas, transporte e mais: IFSP assume compromissos com estudantes após fim da greve dos servidores

Revisão de prazos, compensação de faltas, transporte e mais: IFSP assume compromissos com estudantes após fim da greve dos servidores
24.06.2024     Fonte: G1

Com o fim da greve dos professores de universidades federais, a Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação de São Paulo (IFSP) encaminhou, nesta segunda-feira (24), um ofício ao Diretório Central dos Estudantes com os compromissos da instituição junto aos estudantes.

Segundo o IFSP, as demandas dos alunos foram apresentadas em uma reunião na quinta-feira (20). Entre os compromissos assumidos estão a revisão de prazos, compensação de faltas e transporte. Confira a lista completa:

Reabrir o período de trancamento de disciplinas para que os estudantes que tenham direito a tal procedimento possam decidir pela continuidade ou não nos componentes curriculares que seriam cursados no semestre no qual a greve foi instaurada;

Garantir a segunda chamada das avaliações, trabalhos, atividades e relatórios para estudantes matriculados nos componentes curriculares que estavam sendo cursados no semestre no qual a greve foi instaurada;

Solicitar junto ao Conif manifestação do MEC em relação à possibilidade de adiamento do Enade 2024 ou, pelo menos, o adiamento do prazo de retificação dos nomes convocados para a prova;

Elaborar documento de compensação de faltas e reposição de conteúdos, para que os estudantes não sejam prejudicados por conta da impossibilidade de acessar as unidades do IFSP no período da greve ou pelo apoio manifesto ao movimento grevista;

Orientar os campi para que sejam enviados ofícios ao poder público local em relação à manutenção de linhas de ônibus, passe livre e/ou meia-entrada para os casos em que as reposições sejam realizadas em período de férias escolares municipais;

Avaliar, junto às direções gerais, os impactos no pagamento do PAP, buscando evitar que os estudantes contemplados pelo programa não tenham recursos necessários para seu deslocamento às unidades do IFSP;

Recomendar aos campi que os bandejões e lanchonetes mantenham o funcionamento no período de reposição das aulas.

Na região de Itapetininga (SP), houve paralisação nas unidades de Avaré (SP), Boituva (SP) e Itapetininga, enquanto na região de Sorocaba (SP) a greve afetou os estudantes das unidades de Sorocaba, São Roque (SP) e Salto (SP).

Na região de São José do Rio Preto (SP), houve suspensão das atividades na unidade de Catanduva.

Fim da greve

No domingo (23), os professores das universidades federais decidiram encerrar a greve nacional dos docentes, deflagrada em abril deste ano, em instituições de ensino superior de todo o país.

A decisão foi tomada após a conclusão de assembleias estaduais, que reuniram maioria de votos a favor da proposta de reajuste enviada pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no início deste mês.

A proposta acatada pelos professores das federais prevê reajustes em 2025 e 2026, com percentuais diferentes para cada classe profissional.

O acordo proposto pelo governo ainda prevê a revogação de uma portaria, editada em 2020, que elevou a carga horária mínima semanal para professores.